Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sapos do Ano

Evento independente que visa premiar os melhores blogues da nossa praça (não ligado a qualquer plataforma/empresa ou entidade)

Sapos do Ano

Evento independente que visa premiar os melhores blogues da nossa praça (não ligado a qualquer plataforma/empresa ou entidade)

16.10.18

Finalistas 2017 - Gaffe e as Avenidas

Estivemos à conversa com a autora da Gaffe e as avenidas, que espera ganhar por larga margem este ano. Finalista o ano passado, com esperança nesta edição, diz ter um espaço que se tem mantido fresco ao longo dos anos. Tímida, tal e qual como é, recebeu-nos de braços abertos para mais um momento extremamente agradável. Fiquem para ver!

 

Fala-me do teu blogue.

É óptimo reconhecer que o que escolhi para descrever As Avenidas, já lá vão anos, se mantém fresco como se tivesse sido plantado hoje no canteiro destas minhas floreadas tolices:

A palavra exacta é "superficial". Uma rapariga esperta sabe como ninguém que as tolices fúteis são autênticos temperos nestes nossos assados, cozidos e grelhados. Basta utilizar a dosagem certa e não exagerar na malagueta.

Que tipo de pessoa te tens sentido desde que escreves?

Ao longo do tempo, a Gaffe foi-se aproximando perigosamente da sua criadora. Às vezes, - tantas vezes -, eram só uma. Creio que foi invertida essa rota quando me foi dado reconhecer que um abraço digital não tem olhos -nem meus, nem os dos outros - e não há nada como um abraço – ou um beijo – com a visão dos corações lá dentro. A Gaffe voltou a ser apenas a criatura que brinca nos meus dedos.

Desde que passeio nas Avenidas, foi esta a alteração mais significativa que sofri e é recente. O resto agora escapa e esquece no momento em que decido publicar.  

Como tem sido a interação com outros bloggers? Ou é algo que ainda precisas de fazer crescer com o teu blogue?

Raramente comento as publicações que leio, mesmo as que me deixam seduzida. A interacção limita-se às respostas que dou aos afabilíssimos turistas que consideram que deixar uma recordação, um souvenir, é uma forma simpática de acarinhar uma tonta irresponsável. Gosto muito destes pequenos momentos de simpatia, mas não creio que tenha de resolver - ou saiba resolver -, a falha de convívio digital. A verdade é que a Gaffe, por muito estranho que possa parecer, é uma rapariga tímida.

Que vantagens vês em participar no Sapos do Ano e o que esperas da edição deste ano?

Não pensei nisso!

Diverti-me e foi muitíssimo agradável perceber que a Gaffe é uma tonta capaz de despertar alguma empatia. Creio que me deu a vantagem de saber que sou bem-vinda.

Espero que este ano ser nomeada outra vez e ganhar como se não houvesse amanhã.

A Gaffe é tímida, mas não é parva.

 

Fiquem connosco!

Não se esqueçam de nomear os vossos blogues favoritos para os Sapos do Ano 2018

7 comentários

Comentar post

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D