Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sapos do Ano

Evento independente que visa premiar os melhores blogues da nossa praça (não ligado a qualquer plataforma/empresa ou entidade)

Sapos do Ano

Evento independente que visa premiar os melhores blogues da nossa praça (não ligado a qualquer plataforma/empresa ou entidade)

25.11.19

Finalistas 2019 - Existe um Olhar

Hoje conversámos com uma das finalistas do Sapos do Ano, na categoria de Fotografia, a Manuel. Ela é autora do blog Existe um Olhar.

  1. Conta-nos como foi o nascimento do teu blog. Inicialmente comecei com um blog de escrita e de vez em quando colocava uma foto.
    Um dia um amigo  propôs-me que fizesse um blog só de fotos.
    Como eu não sabia como se fazia, dei-lhe carta branca para construir o" O Existe um Olhar". Hoje apesar de outros que tenho é à fotografia que me dedico.
  2. Como tem sido a interacção com outros bloggers? A minha interacção com os  outros bloggers tem sido óptima, já conheci alguns pessoalmente e criámos verdadeiros laços de amizade.
    O saldo tem sido positivo.
  3. O que achas que leva as pessoas a gostarem do teu blog e a seguirem-te? Penso que o que leva as pessoas a gostarem do meu blog é divulgar os muitos lugares que tenho visitado por esse mundo fora.
  4. Consideras que o teu blog está bem categorizado nos Sapos do Ano? Ainda não fui ver como está o meu blog, mas só o facto de estar nomeada deixa-me feliz.
  5. Quem levarias contigo para a ilha de Adão e Eva? O que levaria para a ilha de Adão e Eva, seriam todos os que visitam e comentam e mesmo não os conhecendo todos, sinto que  a maior parte deles são meus amigos..

E ainda deixou-nos uma mensagem:

"Vivo sozinha, tenho um filho já independente.
A blogosfera foi uma maneira que encontrei para colmatar os meus momentos de solidão.
Gosto de viajar e tenho feito viagens incríveis que me marcaram para a vida toda.
Tenho consciência de que ainda muito tenho de aprender a nível fotográfico. Já fiz muitos workshops e inscrevi-me no MEF (Movimento de Expressão Fotográfica) e com eles tenho feito algumas viagens sempre aprendendo, porque os pequenos grupos vão acompanhados por dois fotógrafos que nos ajudam e tiram dúvidas. Tornei-me mais atenta aos pormenores.
Concluindo:
Fotografar é uma paixão, um escape, uma terapia, porque enquanto ando com a máquina na mão , não penso em mais nada. "

 

Podem votar nesta final aqui

1 comentário

Comentar post

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D