Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sapos do Ano

Evento independente que visa premiar os melhores blogues da nossa praça (não ligado a qualquer plataforma/empresa ou entidade)

Sapos do Ano

Evento independente que visa premiar os melhores blogues da nossa praça (não ligado a qualquer plataforma/empresa ou entidade)

17.12.19

Vencedores 2019

Terminado o apuramento e confirmados os emails, aqui ficam os vencedores dos últimos Sapos do Ano (se ainda não votaram no vosso nome favorito, ainda estão a tempo)

Parabéns a todos os vencedores, nunca se esquecendo que, este prémio, só tem validade se tiver sido ganho de forma honesta, sem recurso a subterfúgios e sem exagerar na sua importância (que, na realidade, é quase nenhuma).

Portanto, aqui ficam os blogs que, não sendo famosos, são merecedores duma leitura atenta:

 

Animais - Amigo dos animais

Culinária e Nutrição - Mamã Paleo

Desporto - Papa Kilometros

Educação - Educar comvida

Família - Crónicas de uma mãe atrapalhada

Fotografia - Existe um Olhar

Generalista - Alice Alfazema

Humor - A casa da gorda

Lifestyle, moda e beleza - A vida em azul cueca

Livros - Stone Art Books

Opinião - O Último fecha a porta

Poupança - 3ª face

Sexo e Diário Intimo - Ainda Solteira

Viagens - Happy is everywhere

Parabéns a todos!

27.09.18

Vencedores 2017 - Stoneartbooks

  1. Magda, vencedora da categoria Livros o ano passado, como te sentiste ao saber que tinhas sido a mais votada por outros bloggers?

Como fui eu que organizei os Sapos do Ano 2017 e fui recebendo as nomeações, a minha estranheza começou logo nessa altura. Descobri que o meu Stoneartbooks é mais lido do que eu pensava. A sensação foi muito estranha, confesso. O Stoneartbooks nasceu como um apêndice ao meu StoneArt, para ser alimentado apenas e só do meu vício da leitura, nunca imaginaria que chegaria tão longe e que tanta gente o lia.

  1. E agora, uma pergunta mais complicada: Porque achas que venceste? Que qualidade apontas para o teu blogue que tenha conquistado as pessoas?

Se calhar quem devia responder a isto era quem votou….

Mas querendo palpitar, a isenção das opiniões, talvez. A grande maioria dos posts são mesmo só de opiniões sobre livros – comprados por mim, que me foram emprestados, que recebi de editoras em troca de opinião honesta (até já houve casos em que realmente não gostei dos livros e disse-o, sem problemas). Lá pelo meio, e de vez em quando, vou dando duas de letra com algumas booktags onde falo maioritariamente de livros e de sensações que os livros me trazem. Talvez também tenha ajudado o facto de nunca usar o blog para divulgar livros sem que os tenha efectivamente lido (ou sem que alguém os tenha lido, fazendo referencia à nova rubrica, leituras alheias).

  1. Como tem sido o teu percurso, ou melhor, o que ganhaste ou perdeste com o teu blogue?

Acima de tudo ganhei amigos. Curioso não é? Mas foi isso que ganhei. Amigos de todo o pais, uns que nunca vi em carne e osso, outros que nos encontramos de vez em quando já que vivemos geograficamente longe. Estas foram, sem dúvida, as grandes dádivas do blog.

Mas não só.

À conta do blog, aumentei a minha lista de livros para ler. Aumentei o leque de leituras, descobri novos autores, novas histórias, novos géneros literários. E há lá melhor para uma leitora compulsiva como eu?

  1. E que objectivos apontas para o teu espaço? Ou queres manter a linha do que tem sido até agora?

Criei uma nova rubrica no blog chamada Leituras Alheias. A ideia é que haja ainda mais variedade de recomendações de livros. Leituras Alheias são posts escritos por outros bloggers ou amigos, sobre livros lidos e que recomendam, até para continuar a apostar no alargamento dos géneros literários. Tirando isso, acho que me vou manter fiel aos princípios que tem regido o stoneartbooks desde o primeiro dia.

  1. Ansiosa pelo próximo Sapos do Ano? Esperas ganhar novamente?

Bem, eu já sabia que os Sapos do Ano se iam realizar de novo, desde que terminou a edição do ano passado, mas mesmo assim estava ansiosa para chegar a altura certa para começar a tratar das coisas. Não sei se o Stoneartbooks vai ganhar de novo mas sei que eu vou ganhar. Vou ficar a conhecer mais blogs, alguns sobre livros (ou pelo menos assim o espero) e lá vou, de novo, aumentar a minha lista de leituras…

25.09.18

Vencedores 2017 - Língua Afiada

  1. Língua Afiada, vencedora da categoria Opinião o ano passado, como te sentiste ao saber que tinhas sido a mais votada por outros bloggers?

Surpreendida, não estava à espera e foi uma surpresa fantástica, fiquei muito feliz.

  1. E agora, uma pergunta mais complicada: Porque achas que venceste? Que qualidade apontas para o teu blogue que tenha conquistado as pessoas?

Nos blogs é muito difícil perceber o que agrada aos leitores, um texto simples por vezes reúne muita aceitação e outros textos que esperava serem pertinentes acabam por não ter visibilidade.

Penso que as pessoas gostam do meu blog porque as minhas opiniões são objectivas, genuínas e de uma perspectiva muito pessoal e por vezes até íntima.

  1. Como tem sido o teu percurso, ou melhor, o que ganhaste ou perdeste com o teu blogue?

Não tem sido fácil, nem sempre é fácil ter disponibilidade para escrever e nem sempre a inspiração surge. O blog deu-me amizades e a oportunidade de conhecer pessoas incríveis, e dá-me muitas vezes sanidade, é no blog que desabafo e coloco os pensamentos em ordem.

De mau só mesmo as pessoas rudes que por lá aparecem ocasionalmente, mas as coisas boas superam sem margem para dúvidas qualquer dissabor

  1. E que objectivos apontas para o teu espaço? Ou queres manter a linha do que tem sido até agora?

Já tive planos para o blog, agora espero apenas ter tempo para o alimentar, nem sempre é possível escrever com a regularidade que gostaria..

  1. Ansiosa pelo próximo Sapos do Ano? Esperas ganhar novamente?

Adorei a iniciativa e gostarei muito de acompanhar o concurso deste ano, vencer ou não, não é relevante, o importante é dar a conhecer blogs e pessoas diferentes, menos mediáticos, mas não menos interessantes, por isso mais uma vez parabéns pela iniciativa.

23.09.18

Vencedores 2017 - Música para Alma Vibrar

  1. Sofia, vencedora da categoria música o ano passado, como te sentiste ao saber que tinhas sido a mais votada por outros bloggers?

Fiquei super feliz, com o carinho das outras pessoas, apesar de ter um blog simples, que nunca teve qualquer tipo de destaque, na plataforma.

A sua essência é partilhar e dar a conhecer músicas de vários estilos diferentes, sendo uma das minhas paixões, daquelas que me fazem verdadeiramente feliz, a música tem uma língua universal e o dom de unir pessoas de várias nacionalidades e fazê-las vibrar com boa energia, fazendo-as sorrir é isso que eu quero que  o meu blog faça.

Através dos posts que acompanham, as músicas partilho os meus disparates diários, angústias, medos e de vez em quando, também falo de assuntos sérios e polémicos, resumindo o " Música para alma Vibrar", representa a minha alma e seu estado de espírito, o meu verdadeiro eu!

  1. E agora, uma pergunta mais complicada: Porque achas que venceste? Que qualidade apontas para o teu blogue que tenha conquistado as pessoas?

Ao longo destes três anos, fiz várias amizades com outros bloggers, tive a sorte de conhecer alguns pessoalmente, que hoje fazem parte da minha vida e acho que ao fim deste tempo todo, perceberam que eu sou genuína, o que sou no blog, sou na vida real é isso que procuro nos outros blogs e é isso que cativa a maioria das pessoas.

Magda, tu foste uma das pessoas que conheci e és tal e qual, como demonstras no teu blog, energética, divertida, um verdadeiro furacão e claro uma bibliomaníaca, que me vai levar á falência, com as críticas que faz dos livros! Há umas semanas, que ainda não comprei, nenhum livro. Ahahaha

  1. Como tem sido o teu percurso, ou melhor, o que ganhaste ou perdeste com o teu blogue?

Quem decide ter um blog e mantê-lo, perde sem dúvida tempo livre e ganha outra responsabilidade, pode ser o blog mais simples do mundo, mas requer tempo e dedicação, mas enquanto nos fizer felizes, devemos dedicar-lhe  um pouco de nós.

O que ganhei de melhor, foram vocês que estão desse lado e que muitos, embora não conheçam, preocupam-se comigo, sinto o vosso carinho e essa sensação, deixa o meu coração preenchido.💞 

  1. E que objectivos apontas para o teu espaço? Ou queres manter a linha do que tem sido até agora?

Objectivos, talvez mudar o look, mas para isso preciso da ajuda da minha amiga Mula, de resto não pretendo ser uma blogger conhecida, adoro a minha privacidade e anonimato, nem tenho tempo para fazer outro tipo de blog , o que tenho faz-me feliz e isso é que importa, por isso vou manter a mesma linha.

Vou continuar a partilhar o que me vai na alma e fazer os outros bloggeres felizes, preencho as suas manhãs com boa música.

Ps: Lembrei-me agora, não me importava que uma editora fizesse alguma parceria com o blog, ao me enviar um livro para eu dar a minha opinião, os livros são outra das minhas paixões, que tem desequilibrado o meu saldo bancário!😌. 

  1. Ansiosa pelo próximo Sapos do Ano? Esperas ganhar novamente?

Estou tranquila, aposto que este ano vai haver mais pessoas aderir, apesar de neste último ano, ter havido grandes mudanças na blogesfera, muitos blogs desapareceram!

Se ganhar novamente, sem dúvida vou ficar feliz, se não ganhar, outra pessoa vai ter oportunidade de dar a conhecer o seu cantinho.

Há blogs fantásticos, que infelizmente não temos oportunidade de conhecer,  por falta de tempo, devido às nossas responsabilidades diárias e principalmente conhecer a pessoa que está atrás dele.

Boa sorte, sapinhos!😉

E esta entrevista, não podia terminar sem uma música, que melhor define o meu blog e o que pretendo transmitir.
 

21.09.18

Vencedores 2017 - Maria das Palavras

  1. Maria das Palavras, vencedora da categoria Generalista o ano passado, como te sentiste ao saber que tinhas sido a mais votada por outros bloggers?

Senti mais ou menos o mesmo do que quando houve um tremor de terra 4 na escala de Richter aqui há umas semanas: abalou o meu mundo, perguntei-me se seria real ou imaginação minha, mas continuei fiel ao que era e fazia (no primeiro caso, continuei a dormir, no segundo continuei a escrever).

  1. E agora, uma pergunta mais complicada: Porque achas que venceste? Que qualidade apontas para o teu blogue que tenha conquistado as pessoas?

Acho que venci o prémio por regularidade e teimosia (o talento para a escrita ou humor não pode ser, tenho alguns comentários anónimos que atestam que sou desprovida de qualquer capacidade, incluindo construir frases). Na altura escrevia todos os dias, pelo que no meio de sete textos por semana, no mínimo, lá haveria um que se safasse e titilasse as pessoas. Isso e quem vinha sabiam que ali teria a sua dose de tolice diária. A tolice faz falta, sobretudo se nos queremos levar a sério. 

  1. Como tem sido o teu percurso, ou melhor, o que ganhaste ou perdeste com o teu blogue?

Ganhei amigos de coração e o sentido de pertença a uma comunidade (já que nunca andei no clube de ciências, aqui temos outro tipo de nerds, mais "clube da leitura"), ganhei um espaço de partilha e desabafo, ganhei umas borlas também. Perder não perdi nada: nem a paciência para as almas mais brutas que só me fazem rir, nem tempo, porque considero que o tempo investido a escrever é terapêutico. Aliás, mentira: com o tempo fui tendo mais gente conhecida a ler o blog, e confesso que isso me fez perder alguma liberdade criativa. Por nada em particular e porque sim - porque nos contemos se imaginarmos o nosso público. 

  1. E que objectivos apontas para o teu espaço? Ou queres manter a linha do que tem sido até agora?

Tenho escrito muito menos e sei que isso me faz falta, portanto o meu objetivo é dar novo fôlego ao blog (quem sabe um novo prémiozinho, para atiçar, hein, hein?! #brincadeira). O Instagram é tão imediato e mantém a porção do blog que é a partilha com a comunidade, que tenho cometido o pecado de estar quase exclusivamente por lá (@mariadaspalavras, já agora). Mas as palavras fazem-me falta e quero insistir no blog, na mesmo linha sempre, que não é muito coerente: é o que me apetecer. Porque o Maria das Palavras não obedece a guiões, nem agendas, obedece à minha real vontade. Desculpem aí. 

  1. Ansiosa pelo próximo Sapos do Ano? Esperas ganhar novamente?

Ansiosa sim, porque também tenho lido menos blogs e quero saber o que se destaca de novo (ou de antigo) por aí. Este ano, creio que só ganho se comprar o júri. Estou a juntar um pé-de-meia para isso. Alguém quer comprar BIC's já sem tinta? Nunca se sabe quando se voltam a usar cassetes de música e voltam a ser úteis. Além disso agora que estamos a deixar de usar palhinhas descartáveis, sempre é um plástico que vai à máquina...

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D